Tecnologia da Informação na gestão do conhecimento e informação orgânica

25/01/2009 at 20:47 3 comentários

Desde que comecei a trabalhar com portais e Gestão do Conhecimento (GC) ouvi muitas confusões entre tecnologia da informação (TI), seus aplicativos e sistemas e as iniciativas de gestão do conhecimento. Estas últimas utilizam-se das ferramentas de desenvolvidas pela TI para desempenhar suas atividades.

A TI, portanto, é importante instrumento de apoio à incorporação do conhecimento como o principal agregador de valor aos produtos, processos e serviços entregues pelas organizações aos seus clientes. Assim entende-se aqui a TI como um componente importante de GC. Porém cabe destacar que TI também e utilizada para determinar a área responsável pelos sistemas (não só informacionais, mas processuais da mesma forma), além da estrutura tecnológica, de produção, de ligação em rede, de comunicação e de logística.

Acredito ser importante destacar cada vez mais que a TI, como componente de GC, é responsável pelos sistemas que suportem as atividades de gestão do conhecimento, porém a TI é mais ampla quando analisada do ponto de vista holístico.

Esse posicionamento é importante, principalmente se vermos que a TI surgiu antes da GC.  Logo, a TI para GC deve ser sempre contextualizada. Assim, pode-se tentar acabar com a confusão típica de solução tecnológica para um programa de GC que engloba muito mais itens. Considera-se GC como a acumulação de recursos, pela mineração de experiências e pelo acesso a informações de outras empresas e insituições, de modo que a empresa possa aumentar a velocidade de desenvolvimento de novos produtos, ampliando o seu ciclo de vida.

Assim, percebe-se que a GC não é só TI, mas também gestão da inteligência coletiva, de pessoas com diversas perspectivas, personalidades e caráter diferenciados. Logo, vemos que há uma preocupação de listar a TI como um pilar de GC. Aos profissionais da informação, que atuam ou tentam implementar programas de GC em empresas, cabe o papel de entender a Tecnologia da Informação como este componente importante.

E mais, deve-se buscar trabalhar junto as áreas de TI, entendendo seu papel e criando ambientes com atenção a estruturaçãp da informação. Lembre-se, a área de TI deve-se preocupar com sistemas dos mais variados dentro da empresa, aqueles de missão crítica, de apoio aos negócios, além de estrutura tecnológica e de logística. Ajude as áreas de TI na valorização da gestão e buscando respostas para questões de como criar ambientes digitais, com informações estruturada, para o registro da informação organica, aquela gerada pelas pessoas nos processos de trabalho e nas instituições.

Anúncios

Entry filed under: GC, Gestão da Informação, gestão do conhecimento, portais corporativos, Tecnologia da Informação. Tags: , , .

GC: como ver se o bolo está crescendo… O blog é uma informação arquivistíca?

3 Comentários Add your own

  • 1. arquivoememoria  |  30/01/2009 às 12:25

    Saudações Arquivistas,

    Gostei muito do seu blog, que contribuirá e muito para nossa área. Também tenho um blog chamado Arquivo e Memória, cujo o endereço é http://arquivoememoria.wordpress.com linkarei seu blog nos favoritos e gostaria de ter o meu linkado no seu blog.

    Desde já agradeço e torço pelo sucesso do seu blog

    Otacílio Guedes Marques
    Arquivista, Bibliotécario e Mestre em Ciência da Informação pela Universidade de Brasília

    Resposta
  • 2. renan  |  06/10/2009 às 11:01

    olá amigo(a),

    Ao pesquisar na google sobre GC e TI acabei parabdo em seu blog, e ao ler, acabei achando algumas coisas da qual não concordo, como: “Esse posicionamento é importante, principalmente se vermos que a TI surgiu antes da GC” esse tem sido um dos erros mais comuns, pois, o conhecimento sempre existiu em todos os lugares e principalmente na empresa, a gestão do conhecimento surgiu quando se viu a necessidade de dar ênfase a esse conhecimento, com a estrutura organizacional inchada e com perdas com o modelo fordista que agregava valor ao bem material, nasce a GC agregando valor ao conhecimento das pessoas. A GC pode existir sem a tecnologia, a tecnologia apenas auxilia no armazenamento dos dados ou informação, nao produzindo nenhum tipo de conhecimento.

    Aberto a conversa

    Renan

    Resposta
    • 3. charlley  |  07/12/2009 às 16:58

      Renan
      se considerarmos Platao em praça publica falando com seus alunos, podemos dizer que era um tipo de GC.

      Porem falo da Gc como disciplina, surgida na decada de 90 (final de 80, va lá) e com autores modernos como Nonaka e Takeuchi. Neste interim, e considerando a TI como uma forma de desenvolvimento de tecnologias de suporte a comunicação, que surgiu na segunda guerra mundial, temos um timeline diferenciado.

      No mais, concordo com voce, a Gc nao precisa de tecnologia, tive um cliente que a forma de GC era reuniaoes presenciais, sabemos da transmissao oral do conhecimento, apesar de que a humanidade só cresceu desde que inciou o processo de registro do seu conhecimento.

      Assim, considerando as teorias da administração, veja que as que colocam as pessoas como o centro da produção só surgem na decada de 60 em diante, podemos sim afirmar que a TI surge antes da GC.

      []s
      charlley

      Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Meu Twitter


%d blogueiros gostam disto: