Sharepoint como ferramenta de informações orgânicas: uma nova arquitetura de informação

18/03/2009 at 22:58 3 comentários

Uma ferramenta como o sharepoint traz novos paradigmas para a arquitetura de informação. Se antes o profissional da informação e o arquiteto de informação tinham apenas limites tecnológicos, embora plataformas como esta ou CMS e outras funcionalidades aceleram a criação de ambientes digitais, também limitam em termos de funcionalidades (ou features na lingua T izeira). Será?

Assim, podemos criar soluções, dentro das regras do jogo.Estruturalmente, por exemplo, temos um novo tipo de estrutura que vai de site, subsites até a lista. As listas aliás são a base do sharepoint, a forma de estruturar as informações no MOSS.

Estruturalmente temos a hierarquia de site collection, site, subsite e página. Temos também as features como os Modelos de site, permissionamento (grupos de usuários únicos para um subsite). Também é possível criar layouts exclusivos por página ou uma “master page” por subsite.

Quanto ao Search, um subsite pode ter únicas configurações de pesquisa. Por exemplo, você pode especificar que um determinado subsite nunca apareça nos resultados da pesquisa. Além do mais, um subsite pode ter tipos de conteúdo exclusivo, além de workflows para sua administração ou processo vinculado.

Temos ainda as categorias de sites:

Publishing Sites: para a apresentação de informações para um grupo de usuários. Estes modelos incluem recursos que apoiam criação e publicação de páginas com base nos page layouts.

Enterprise Sites: que fornecem funcionalidades de uso em empresas, quer devido à sua dimensão ou porque fornecem funcionalidades comumente utilizado em grandes organizações.

Reuniões: Sites que fornecem recursos para apoiar o planejamento e apoio à reuniões.

Colaboração: Sites para equipes de trabalho ou pesquisa, de apoio à colaboração e divulgação de informação.

Além dessas categorias que nos dão a dimensão da aplicação, temos ainda os modelos de sites e os sites com funcionalidades macro, como abaixo:

Modelo de intranet e modelo para site, com determinadas funcionalidades são possíveis de utilizar na aplicação. Além do mais temos outros serviços aplicáveis nos subsites:

Document Center
Um local central para gerir os documentos da empresa.

Centro de Registros (Records)
Um site criado para manejo de registros. Arquivistas podem configurar a tabela de classifciação, para receber arquivos de localizações específicas. O site evita que os documentos possam ser modificados depois que são adicionados a ele.

Site Directory
Um site para inscrição e categorização de outros sites organização.

Centro de Pesquisa
O site inclui páginas de resultados de pesquisa e pesquisas avançadas.

Centro de Pesquisa Avançada
A página principal inclui uma caixa de pesquisa com duas guias: uma para pesquisas gerais e outra para as pesquisas para obter informações sobre pessoas. Você pode adicionar e personalizar separadores para categorizar os resultados.

My Site
Um site pessoal com dados do colaborador ou usuario.

Workspace Básico
Um site para planejar, organizar e registrar os resultados de uma reunião. Fornece listas de gestão da agenda, participantes da reunião e documentos.

Decision Meeting Workspace
Um local para as reuniões de status ou tomar decisões. Fornece listas de criação de tarefas, armazenar documentos, decisões e gravação.

Social Meeting
Um site para planejar eventos sociais.

Team Site
Um site de uma equipe, para organizar rapidamente o autor e compartilhar informações. Fornece uma biblioteca de documentos e listas para gerir avisos, itens de calendário, tarefas e discussões.

Blank Site
Um site em branco para personalizar.

Site Wiki
Um site para uma comunidade de idéias e compartilhar idéias. Fornece páginas da Web que podem ser rapidamente suprimidas para registrar informações e, em seguida, ligadas entre si através de palavras-chave.

Blog do Site
Um site para uma pessoa ou equipe postar ideias, observações e conhecimentos que os visitantes do site podem comentar.

Assim, conseguimos entender um pouco melhor a ferramenta, para criar uma arquitetura de informação que permita utilizar todo o potencial da aplicação. Resta sempre fazer customizações, mas customizações custam.

Anúncios

Entry filed under: Arquitetura de Informação, Gestão da Informação, informação digital, metadados, portais corporativos, Tecnologia da Informação, Uncategorized. Tags: , , , , .

A tecnologia é nosso registro histórico? A Arquivística e a Arquitetura da Informação: similaridades possíveis

3 Comentários Add your own

  • 1. Felipe Accorsi  |  24/03/2009 às 13:03

    É extremamente importante conhecermos a plataforma para criarmos uma arquitetura de informação/interface eficaz. Quando temos este conhecimento conseguimos aplicar ele desde a reunião de briefing com o cliente, onde colhendo as necessidades do mesmo já conseguimos imaginar o que utilizaremos , sendo nativo ou não, como solução. Com este pensamento/conhecimento, provavelmente iremos diminuir gaps (), custos ($$$) e, acima de tudo aumentarmos (^) a satisfação do cliente.

    A busca por este conhecimento é continua e precisamos estar sempre atentos as atualizações e as novas tecnologias.

    Parabéns pelo post, o mesmo centraliza informações ricas sobre MOSS e é indicado para quem esta, assim como eu, engatinhando na arquitetura.

    Abraço Charlley

    Resposta
  • 2. Viviane Danin  |  25/03/2009 às 13:11

    Oi queridíssimo,

    Obrigada pelo comentário no nosso blog. Já adicionei o seu aos meus favoritos também!

    E vida longa para nossos blogs! 🙂

    beijos

    Resposta
  • 3. renan  |  30/03/2009 às 01:46

    iniciativa louvável. arquivista RS POA cambio

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Meu Twitter


%d blogueiros gostam disto: