Entrevista para o lançamento do livro Arquivologia 2.0

15/10/2010 at 21:27 Deixe um comentário

O arquivologista Charlley Luz lança seu novo livro, “Arquivologia 2.0”, no IV Congresso Nacional de Arquivologia, que acontece em Vitória (ES), entre os dias 19 e 22 de outubro, além de disponibilizá-lo na rede social de publicação de livros Bookess (www.bookess.com.br).

“No livro, faço uma análise do impacto das novas tecnologias e comportamentos no ambiente corporativo e suas informações, realizados através de ambientes digitais”, afirma Charlley. A gestão do conhecimento e a tecnologia de informação também fazem parte da abordagem, seja através do desenho de interfaces ou da estruturação de dados, os metadados.

Bacharel em Arquivologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e pós-graduado em Gestão de Sistemas e Serviços de Informação, Charlley é consultor do Grupo Conectt, empresa especializada em portais corporativos, e professor da pós-graduação em gestão de documentos da fundação Escola de Sociologia Política de São Paulo (FESP-SP), Charlley responde algumas dúvidas sobre a profissão:

O que é a Arquivologia e quando surgiu?
A Arquivologia preserva a memória do país, das instituições e da comunidade e dissemina a cultura, alimentando a história. O arquivista planeja, projeta e administra a organização de sistemas de arquivos, analisando, classificando, selecionando, restaurando e conservando informações referente a tomada de decisões e dos processos das empresas.

A arquivologia clássica surge na antiga Suméria há mais de 5000 anos. O país era um pólo comercial e havia o surgimento de muitas relações comerciais e elaboração de registros dando origem às escrituras e aos arquivos. A modernização ocorreu na revolução Francesa quando os arquivos do estado francês declara os arquivos como um bem nacional. De lá para cá, ela se torna uma ciência e hoje sua aplicação está em franca expansão no Brasil.

– Como é a carreira do arquivista no mercado?
A carreira de um arquivista é feita de descobertas. Além de conhecer o que de fato faz um arquivista quanto às informações da empresa, ele descobre que precisa provar que a arquivologia é importante para a gestão e tomada de decisão e não apenas para guardar papéis. E de fato é uma grande responsabilidade, estamos falando hoje de um universo muito abrangente de informações, que vai além do documento em papel, passa pela definição de modelos de documentos internos (muitas vezes aderentes a certificações da empresa), pela gestão de informações digitais, presentes em diretórios de arquivos, em intranets e portais corporativos. A arquivologia 2.0 começa a se preocupar com isso. Ainda tem as informações tácitas que deve ser um ponto de atenção do arquivista também. Hoje temos arquivistas que chegam a CIO (Chief Information Office) de empresas, por exemplo.

Sobre a Bookess

Criada por Marcos Passos, a Bookess é uma rede social que edita livros sob demanda. Em seu site, o internauta pode criar seu próprio livro ou distribuí-lo em todo o mundo, sem restrições e gratuitamente. A empresa foi criada com o objetivo de proporcionar uma boa leitura em qualquer lugar – em casa, no escritório, no hotel ou em um fim de semana na praia, enfim, onde houver uma conexão com a Internet.

A Bookess – que possui mais de 8 mil usuários – depende destes para o seu funcionamento. São eles que criam, editam, contribuem e comentam os livros presentes no site da editora. Além da possibilidade de criação de livros, o Bookess também proporciona um círculo de amizades entre pessoas com o mesmo objetivo.

Fonte: Timbro Comunicação

Anúncios

Entry filed under: Arquivistica. Tags: , , .

Arquivologia 2.0 – o livro 20/10 dia do Arquivista

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Meu Twitter


%d blogueiros gostam disto: