Inovação em Gestão da Informação: aplicando a arquivologia 2.0

19/09/2013 at 12:24 Deixe um comentário

Palavras-chave
Arquivologia, metadados, taxonomia, usabilidade, interface, ambiente digital;

Tema Relacionado: A estruturação da informação e das bases de dados considerando o usuário.

A gestão da informação pressupõe a estruturação dos metadados e de estratégias de recuperação da informação, gerando uma visão holística dos processos informacionais e possibilitando a taxonomia integrada. Este conceito, apresenta a ligação entre processos de negócio (fluxos de trabalho), estruturação e mapeamento de metadados, linguagem documentária para recuperação e classificação de documentos e conteúdos, chegando até a interface entre usuário e informação.

Esta visão integrada possibilita um maior número de operações nas buscas, por exemplo, com cruzamentos de temas, uso de termos descritivos e categorias estruturais de informação. A usabilidade da informação é outro ponto de atenção, da mesma forma que os tipos de relacionamento de conteúdo e informações nos ambientes digitais e na geração de páginas dinâmicas temáticas.

Este trabalho relata as macrodefinições de taxonomia integrada, como a definição de perfil de metadados interoperável, a categorização de conteúdos através de listas de apoios e tesauro específico para os temas principais de um veículo de comunicação da cidade de São Paulo, um projeto ainda em andamento. Também será apresentada as técnicas utilizadas na definição das interfaces de relacionamento do usuário com o ambiente digital, como teste de usabilidade e card sorting.

A macro-orientação metodológica para este trabalho foi desenvolvida e apresentada no livro Arquivologia 2.0: a informação humana digital e a aplicação deste método se dá através da taxonomia integrada.

O livro Arquivologia 2.0: a informação humana digital é o resultado da observação e aplicação dos princípios arquivísticos no universo da informação digital. Através da arquitetura de informação, planejamento de portais corporativos e ambientes digitais, sao traçados os caminhos possíveis para uma abordagem 2.0 no universo das informações arquivísticas, aquelas que são resultado da interação entre pessoas e sistemas nos ambientes corporativos.

A gestão do conhecimento e a tecnologia de informação também fazem parte da abordagem, seja através do desenho de interfaces ou da estruturação dos metadados. É uma visão acerca do impacto das novas tecnologias e comportamentos no ambiente corporativo, realizados através de ambientes digitais.

Anúncios

Entry filed under: Arquivista. Tags: .

Esperando novas notícias Crie estratégias para destaque nas buscas da internet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Meu Twitter


%d blogueiros gostam disto: