Sobre o Arquivista 2.0

Bem vindo ao blog do Arquivista 2.0: aqui veremos o mundo do arquivista e da ciência da informação além do papel e da caixa de papelão.

Como surgiu o Arquivista 2.0? Qual o objetivo?

O Blog Arquivista 2.0 é um desejo antigo que se realizou em 2008. Já sou blogueiro há um tempo, contribuindo com artigos para os sites das Associações de Arquivistas do Rio de Janeiro e do Rio Grande do Sul,o blog da Enara (Executiva Nacional de Associações de Arquivistas) e como colaborador no site Intranet Portal. Porém ainda não tinha um espaço que podia chamar de meu (risos). Esperava juntar neste blog, que agora existe, parte dos textos que produzi após minha graduação. Precisava de um espaço para expressar sentimentos quanto a arquivologia contemporânea.

Qual o conceito do blog?

Arquivista 2.0 é aquele arquivista que entende a especificidade da informação orgânica, aquela gerada da relação das pessoas com as instituições. Hoje vemos que a maioria das informações nas instituições e empresas são geradas e utilizadas nos ambientes digitais. Por isso o conceito 2.0, uma alusão à Web 2.0, que também traz estes paradigmas da participação e da colaboração na internet. Mas não falo só de informação digital, também falo muito em portais corporativos – minha área de atuação -, além de gestão do conhecimento e da ciência da informação, por exemplo.

Quais as motivações principais?

Acredito que a arquivologia precisa de novos ares. O conceito de documento é imutável. Porém paralelo a ele existem registros de decisões e de inteligência coletiva que extravasam estes conceitos. Como um arquivista deve se portar frente a estas novas formas de registro? Devemos esquecer os códices e tábuas cuneiformes só porque não estão dentro do conceito de documento da arquivologia tradicional? Da mesma forma me pergunto: devemos negar as fotos, os textos de blogs, o tagueamento popular da internet hoje? Acredito que isto também seja um registro e que os arquivistas precisam ver isso como uma missão profissional, para garantir que no futuro possam ter acesso a essas informações geradas nesta emergência digital.

Como se dá isso nos arquivos empresariais?

Hoje as empresas trabalham em rede. A maioria das informações são criadas, utilizadas e arquivadas digitalmente. Há ainda uma grande massa de informação estruturada de uma forma tradicional e que a aplicação de boas técnicas arquivísticas garantem seu controle. Porém esta informação digital – que chamo de informação orgânica – é onde ocorrem as decisões. Para tanto, o mercado corporativo opta cada vez mais por tentar possibilitar o acesso as informações digitais utilizando os portais e intranets, por exemplo, além de aplicar taxonomias que facilitem a navegação, vocabulários descritores para a classificação, controle de versionamento em arquivos .doc, em planilhas. E esta é uma missão importante do arquivista e nossa formação garante uma ótima visão de como trabalhar com isso tudo.

Foto de Charlley

Foto de Charlley

Charlley Luz é publicitário e arquivista pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Especialista em projetos de Ciência da Informação, atuou como atendimento, mídia e planejamento em agências de propaganda por mais de dez anos atendendo campanhas publicitárias para empresas e organizações do Rio Grande do Sul. Na área de internet iniciou seu trabalho na wwwriters com a elaboração de projetos, na elaboração e coleta de conteúdo, além de desenvolvimento de trabalhos. Criou projetos web, estruturando arquitetura de informação e conteúdo. Consultor de Ciência da Informação e Comunicação da Plena Consultores de São Paulo, trabalhou em projetos para clientes como Toyota do Brasil, Light Rio, CCR, Contax e Sebrae Nacional entre outros. Atualmente desenvolve também pesquisas acadêmicas na área de Ciência da Informação como web semântica, metadados, workflow e arquitetura de informação.

BlogBlogs.Com.Br

30 Comentários Add your own

  • […] "Arquivista 2.0 é aquele arquivista que entende a especificidade da informação orgânica, aquela gerada da relação das pessoas com as instituições. Hoje vemos que a maioria das informações nas instituições e empresas são geradas e utilizadas nos ambientes digitais. Por isso o conceito 2.0, uma alusão à Web 2.0, que também traz estes paradigmas da participação e da colaboração na internet. Mas não falo só de informação digital, também falo muito em portais corporativos – minha área de atuação -, além de gestão do conhecimento e da ciência da informação, por exemplo." […]

    Resposta
  • 2. Rosa Ângela  |  26/03/2009 às 18:50

    Salve Charlely!
    Parabéns! Teu blog é D+!
    bjo

    Resposta
  • 3. Vinícius Mitto Navarro  |  02/05/2009 às 16:19

    Parabens!!!!

    Resposta
  • 4. Carmela  |  28/12/2009 às 11:23

    Adorei o blog! Parabéns!

    Resposta
  • 5. Tamires  |  09/06/2010 às 16:48

    oi tudo bem faço aquivologia na ufpb, estou no segundo periodo, estou adorando o curso, beijos

    Resposta
    • 6. charlley  |  10/06/2010 às 22:24

      é muito interessante mesmo o universo das informações orgânicas. bem vinda e espero que venha sempre aqui 🙂

      Resposta
  • 7. Danillo Fragoso Pitombo  |  13/06/2010 às 11:34

    Adorei seu blog.! É de mera importancia a comunicação do universo informacional arquivistico..

    Resposta
    • 8. charlley  |  14/06/2010 às 10:21

      Olá Danillo
      obrigado pela visita, espero que tenhamos mais sua participação por aqui!
      []s

      Resposta
  • 9. Letícia  |  29/07/2010 às 11:30

    É sempre bom ver como alguns de nós arquivistas gostam da nossa profissão. Que não estamos somente fazendo o curso porque é a área do momento, ou porque iremos ganaharm dinheiro. Que queremos manter esse mundo de informações sempre vivo.
    Amo arquivologia, respiro arquivologia, bebo arquivologia e idealizo uma arquivologia com espeço garantido no mundo.
    Parabéns pela sua iniciativa.

    Resposta
  • 10. luis manuel rodriquez romero  |  23/09/2010 às 02:37

    ey !!!saludos a todos los que conformamos toda esta cultura de informacioN ya que esta es vital para mi formacion profesional como prospecto arxivista awebo perfecta eleccion en mi trayectoria ya que mi carrera es de competente desarrollo moral hace falta capacitar a formadores y forjar una cultura archivistica en las instituciones arriva la archivistica desde sanluis potosi meXicO -111!!!!!!!!!!!!

    Resposta
    • 11. charlley  |  25/09/2010 às 18:50

      hola Luis
      bueno que se puede recibir mensajes como el tuyo, que me alienta mucho el camino de archivo 2.0. Continuar participando en el blog y espero que la cuestión lingüística no sea un obstáculo para su desarrollo personal.
      gracias!

      Resposta
    • 12. charlley  |  25/09/2010 às 18:50

      hola Luis
      bueno que se puede recibir mensajes como el tuyo, que me alienta mucho el camino de archivo 2.0. Continuar participando en el blog y espero que la cuestión lingüística no sea un obstáculo para su desarrollo personal.
      gracias!

      Resposta
  • 13. Eliane  |  25/11/2010 às 00:29

    Aff! onde eu estava?!
    Só conheci seu Blog e Livro agora vixe!!!!

    Sou estudante do 8º periodo pela UEPB. Adorei conhecer o blog e serei uma fiel visitante rsrsrrrrrsrrsrrs

    xeruuuuuuuuuuuuuu

    Vem divulgar o livro aqui na Paraíba e aproveitar pra conhecer essa cidade maravilhosa.

    UEPB e UFPB unidas pela Arquivologia!

    Resposta
    • 14. charlley  |  25/11/2010 às 10:00

      Eliane
      quero muito ir ai, conhecer a efervescência da Paraíba na arquivologia. Só não vou este ano porque o semestre está acabando, mas ano que vem tô aí lançando o Arquivologia 2.0 🙂

      Resposta
      • 15. Eliane  |  27/11/2010 às 22:02

        Será muito bem recebido!

        xeruuuuuuuuuuuuuu

  • 16. Ana Bricio  |  15/09/2011 às 02:16

    Olá Charlley. Quero comprar o livro Arquivologia 2.0. Quais as opções para compra?

    Resposta
  • 18. Daniel Montserrat Barbacena  |  02/10/2011 às 04:37

    Charlley, tua palestra na UnB foi demais!
    Parabéns!

    Resposta
  • 19. Carlos Dinarte  |  24/11/2011 às 13:48

    Caro ex-colega de FABICO, bacana o blog! Bacana também saber que arquivista é muito mais do que um simples guardador papéis, contador e carregador de caixas. Graças à formação que tivemos, interdisciplinar, podemos nos inserir e “conversar” com outras áreas ligadas à Arquivologia, através do cordão umbilical denominado INFORMAÇÃO. Parabéns pelo engajamento arquivístico!

    Um abraço!

    Resposta
  • 20. Priscila  |  10/02/2012 às 21:17

    Olá boa noite, meu nome é Priscila, muito prazer, tenho interesse em saber de onde surgiu essa profissão, quem teve a ideia de criar, de organizar, de entender a necessidade de arquivar de forma correta e organizada;
    Saberia me informar a respeito?
    Pergunto isso, pois em uma aula no meu curso e falando a respeito, eu pensei nisso, e a minha professora acabou deixando como tarefa pra casa imagina..

    Resposta
    • 21. charlley  |  11/02/2012 às 10:08

      Olá Priscila
      a profissão moderna dos arquivistas surge com a revolução francesa e a criação dos arquivos nacionais da França. Mas na história há registro de profissionais que eram responsáveis em gerar e guardar as informações desde a criação da escrita cuneiforme. É o caso dos escribas no Egito. Cada faraó tinha um séquito deles e alguns escribas eram poderosos. Responsáveis por registrar papiros e armazená-los, geravam a história do poder e preservavam a memória das relações econômicas e sociais.

      Resposta
  • 22. RODRIGO CAXIAS  |  21/02/2012 às 14:19

    AGORA TENS NOVO SEGUIDOR … Rodrigo Caxias. PARABÉNS.

    Resposta
  • 23. Gilberto Martins  |  04/05/2012 às 13:53

    Olá, Charlley, estou no 3º Período de Arquivologia na UFF, e estou muito satisfeito de encontrar o teu Blog, pois a maioria dos quais tenho visto até agora dispõe uma proposta de divulgação no sentido de informar as respeito dos eventos e assuntos relacionados á Arquivologia. Contudo, o Blog Arquivista 2.0 desponta com uma proposta diferente, pois propõe os assuntos, e esta aberto, inclusive, a responder dúvidas a respeito da área. E, aproveitando o comentário do Luis Manuel Rodrigues Romero, penso que este Blog se aprese como um disseminador da Cultura Arquivística.

    Resposta
    • 24. charlley  |  04/05/2012 às 15:36

      Olá Gilberto, obrigado por seu depoimento, pois vi muito do objetivo do blog Arquivista 2.0 nele 🙂

      Resposta
  • 25. samuel souza lima  |  04/05/2012 às 22:48

    Olá, Charlley!
    Meu nome é Samuel, sou do Rio de Janeiro. Seu blog é muito bom tecnicamente e com um diferencial, conforme já foi dito, que é o feedback dos comentários. Vou começar na Arquivologia agora no meio do ano pela Unirio, gostaria que vc pudesse dizer basicamente como é este curso: tem muita leitura… se é dinâmico… se é muito complicado…enfim. No mais obrigado pelo espaço gentilmente concedido!

    Resposta
    • 26. charlley  |  06/05/2012 às 22:56

      Olá Samuel, bem vindo
      o que é legal é que trabalhamos desde papiro até bits 🙂 bem vindo e descubra como ser arquivista, da melhor forma que combine com você 🙂
      é um curso que exige uma certa bagagem e por ter diferentes especialidades é que pode ser bem dinamico, pois você ira ter aula de sociologia, direito, administracao, rh, TI, preservacão, retauracão, ciência da informação e outras disciplinas que criam a nossa transdisciplinar arquivologia.
      []s

      Resposta
      • 27. Samuel Souza Lima  |  12/05/2012 às 13:01

        Obrigado pela resposta!
        Apenas uma dúvida: vc disse “…é um curso que exige uma certa bagagem…” , isso significa que devo ter algum(ns) outro(s) conhecimento(s) anteriores?

  • 28. Walter Antonio da Silva  |  06/02/2015 às 17:48

    Com a Nova era tecnológica o tema exposto é de fundamental importância na Arquivística moderna; e nós Arquivistas devemos reconhecer a expansão do suporte informacional.
    Parabéns!
    Waltinho – 4º ano UEL/Londrina – Pr

    Resposta
    • 29. charlley  |  20/02/2015 às 15:51

      Valeu Waltinho, seja sempre bem-vindo!

      Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


%d blogueiros gostam disto: